Faça login ou registe-se

BLOG

Higiene Profissional: uma premissa para as empresas de sucesso

Todos os empresários visam tornar a sua empresa numa autoridade e seja encarada como profissional pelo mercado. Mas o que é preciso para alcançar e permanecer nessa posição?

Ser profissional significa cumprir adequadamente com os seus deveres e funções. No caso de uma empresa, isto estende-se a todos os seus processos, desde a organização do espaço ao atendimento ao público, passando pela gestão de pessoas e de recursos.

A higiene é um desses cuidados e, para ter os melhores resultados e alcançar o seu propósito, deve contar com higiene profissional.

Mas o que é higiene profissional e como é que ela pode beneficiar a sua empresa?

Em primeiro lugar, é preciso deixar claro que o processo de higienização é muito mais amplo do que aparenta. Ele é composto pela limpeza e pela desinfeção, que são processos distintos:

  • Limpeza: elimina as sujidades físicas das superfícies, como papéis, alimentos, poeira e resíduos de economato utilizados. É essencial para o bom funcionamento do local de trabalho, por manter ambientes saudáveis, evitando acidentes e melhorando a produtividade. 
  • Desinfeção: remove a maioria das sujidades microscópicas dos ambientes, ou seja, os agentes patogénicos, como vírus e bactérias. Nas empresas, se não forem eliminados, podem trazer consequências graves à saúde dos funcionários e clientes, e à qualidade do produto ou serviço prestado.  

Higiene profissional: a solução mais eficaz para produtividade e lucro

Alcançar uma higiene empresarial adequada não é tão simples como muitos pensam. São vários ambientes com diferentes necessidades e é preciso garantir saúde e segurança aos clientes e funcionários. Para isso, é fundamental que se tenha êxito tanto no processo de limpeza quanto no de desinfeção, o que é assegurado pela higiene profissional.

Esta eficácia deve-se a 4 elementos principais:

1) Produtos profissionais

Uma empresa responsável deve apenas utilizar produtos com qualidade garantida, devidamente registados. Os produtos profissionais são registados nas entidades reguladoras (DGAV, DGS e Infarmed), apresentando resultados contra agentes infecciosos sempre que utilizados nas quantidades e diluições adequadas.

Os produtos profissionais também são mais económicos, pois possuem maior quantidade de princípios ativos, o que faz com que menos produto seja utilizado. Eles ainda são mais eficazes, também devido a esse teor de princípio ativo, o que eleva o poder de desinfeção.   

Além disso, é importante sempre ter em conta que diferentes locais possuem diferentes necessidades de limpeza. Um exemplo muito prático é o das casas de banho e das cozinhas: os produtos utilizados num podem não ser os mesmo que o outro precisa.

A higiene profissional considera essas particularidades, disponibilizando uma ampla gama de produtos que vão atender as mais variadas necessidades dentro de uma empresa.

2) Métodos, técnicas e materiais profissionais 

A qualidade vai além dos produtos, pois estes estão diretamente ligados à sua aplicação, que deve ser igualmente eficaz.

Para tal, a higiene profissional conta com métodos, técnicas e materiais profissionais. Assim, menos energia é utilizada e os produtos são aproveitados ao máximo, trazendo economia e reduzindo o desperdício na higienização das empresas.

Estes factores também agem em prol da produtividade, possibilitando mais eficácia e facilidade aos processos, e contribuindo para o bem-estar e redução da carga horária dos funcionários.

3) Rotina bem feita 

A rotina de limpeza deve ser minimamente planeada e cumprida. Enfim, de nada adianta ter tudo bem elaborado se não é colocado em prática. A frequência é muito importante e vai variar de empresa para empresa e ambiente a ambiente.

A higiene profissional tem um olhar apurado para tudo isso, desenvolvendo o melhor plano para cada estabelecimento. Esse cronograma de higienização vai depender de fatores como tamanho do local, fluxo de pessoas e horário de funcionamento, e vai conter os devidos dias, horários e pessoas encarregadas de cada função, o que nos leva ao próximo e último fator.

4) Formação de pessoal

A formação é extremamente importante para o sucesso da higiene dos ambientes de trabalho. Os funcionários precisam de receber todas as orientações necessárias para o desenvolvimento da melhor higienização. Isso inclui salientar a importância e funções de cada processo, como a limpeza, a desinfeção e as rotinas.

Esse conhecimento não deve restringir-se aos funcionários encarregados pela limpeza, mas toda a equipa de trabalho deve ser constantemente lembrada e consciencializada para que o cuidado com a higiene seja realmente um fator importante da cultura organizacional.

Já deve ter percebido que investir em higiene profissional é, sem dúvidas, a melhor escolha para as empresas de referência no mercado. Afinal, proporciona economia e eficácia, melhora a produtividade, cuida da saúde dos funcionários, clientes e da qualidade do produto final. Isso tudo contribui para o sucesso do seu negócio e imagem que o mercado e clientes terão do seu negócio.

Assim, ao cumprir devidamente com as suas funções e responsabilidades, sendo a higiene uma delas, é possível alcançar mais autoridade e reconhecimento!

Em caso de dúvidas sobre o funcionamento da higiene profissional, fale com um dos consultores da Kubiklean.

Gostou do conteúdo? Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais.

Facebook | Instagram | Linkedin 

Achou o conteúdo interessante? Compartilhe.

Diga-nos o que achou

Seleccione um ponto de entrega

Procura fazer uma gestão inteligente da higiene e limpeza?

Marque uma sessão gratuita comigo e fique a saber como posso ajudar a reduzir 20% dos custos em higiene e limpeza na sua empresa.